Novas Regras FIES 2021: Quais São os Novos Critérios e Taxa de Juros?

Em operação a mais de 10 anos, o Fundo de Financiamento Estudantil – FIES é um projeto que pretende ajudar os cidadãos brasileiros de baixa renda familiar. Nesse sentido, ao longo dos anos foram aplicadas novas regras FIES 2021 para deixar o programa ainda mais robusto na entrega de seu crédito. Então, se você está interessado em conseguir o FIES ou já está auferindo do empréstimo, não deixe de continuar acompanhando os próximos tópicos deste post para ficar mais informado acerca do funcionamento deste financiamento estudantil.

Novas Regras FIES 2021
Novas Regras FIES 2021

Novas Regras FIES 2021

Ao longo de seus anos de atuação, o FIES vem sofrendo certas mudanças de modo a ficar cada vez melhor. Nesse sentido, as novas regras FIES 2021 trazem mudanças que alteram aspetos chaves do funcionamento deste crédito estudantil.

Dessa forma, existem alterações que afetam os critérios que precisam ser observados para o recebimento do FIES 2021, onde o principal destaque vai para a renda familiar mensal bruta necessária.

Mudanças FIES 2021

Uma das razões por detrás das constantes mudanças no FIES está relacionada a necessidade de promover cada vez mais inclusão das populações desfavorecidas no programa. Assim sendo, as novas regras no empréstimo possuem uma segmentação das vagas disponíveis, onde 50% delas devem ser ocupadas por estudantes universitários matriculados num dos cursos com alta prioridade (Engenharia, área da saúde e formação de professores).

Desta forma, a concessão do financiamento passa a ser feita consoante os critérios mencionados anteriormente. Na distribuição das vagas por região, a priorização também é feita de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH e demanda pelo ensino superior em cada localidade.

Mudanças FIES 2021
Mudanças FIES 2021

Novos Critérios FIES 2021

Para poder ter direito ao financiamento oferecido pelo FIES 2021 é preciso que todo o interessado obedeça aos critérios que são colocados pelo programa. Sendo que com as novas regras do FIES existem alterações nesse sentido.

Nos novos requisitos existe uma alteração na renda familiar que o estudante precisa ter para aceder ao empréstimo.

Desta forma, ao invés de ter uma renda mensal por pessoa que não ultrapasse o valor correspondente a 2,5 salários mínimos, agora é preciso que o interessado tenha uma renda máxima correspondente a 3 salários mínimos na modalidade FIES.

Fora isso, também será preciso observar os seguintes critérios:

  • Ter realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM numa das edições a partir de 2010;
  • Contar com uma pontuação média de 450 pontos ou mais nas cinco provas aplicadas no ENEM;
  • Ter obtido pontuação igual a 400 pontos ou superior na prova de redação.

Taxa de Juros do Novas Regras FIES 2021

No âmbito das novas regras FIES 2021, a taxa de juros desceu de 3,5% para 3,4%. Isso torna o crédito estudantil num dos melhores do mercado.

O período de carência de 18 meses que acompanha esses juros, também torna o financiamento do FIES 2021 numa ótima opção para quem deseja ter empréstimo para concluir o seu curso no ensino superior.